Nº de estupros de mulheres no Rio aumenta 25%

O número de estupros cometidos contra mulheres no Estado do Rio aumentou 25% em 2010, na comparação com 2009. Segundo dados da 6ª edição do Dossiê Mulher, divulgados ontem pelo Instituto de Segurança Pública (ISP), foram 3.751 vítimas da violência no ano passado - 53,5% menores de 14 anos. Foram 313 casos por mês em 2010.

Tiago Rogero, O Estado de S.Paulo

30 de abril de 2011 | 00h00

Entre as vítimas, 77,3% eram solteiras, 23,2% tinham até 9 anos, e 30,3% entre 10 e 14 anos de idade. Segundo o ISP, "chama a atenção" o aumento de 162% no número de vítimas em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, passando de 68 vítimas, em 2009, para 178, em 2010.

Além de estupro, o dossiê leva em conta também outros crimes cometidos contra mulheres. O número de ameaças cresceu 6,2%, com uma média de 137 vítimas por dia. Mais da metade delas tinha o companheiro ou ex-companheiro como provável autor do delito. Entre os casos de homicídio doloso cometidos contra mulheres, houve redução de 19,4% em 2010. O número de vítimas do sexo feminino é maior nos casos de estupro (81,2%), ameaça (65,4%) e lesão corporal dolosa (62,9%).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.