Músico diz ter sido agredido em Estação do Metrô da zona sul de SP

Em depoimento à polícia, jovem de 25 anos afirmou ter sido segurado pelo braço por dois seguranças da Estação Campo Limpo, além de ter seu tênis rasgado e jogado fora

Marcela Bourroul Gonsalves, Central de Notícias,

26 Outubro 2011 | 18h32

SÃO PAULO - Um músico de 25 anos registrou um boletim de ocorrência nesta última terça-feira, 25, acusando dois seguranças do metrô de o terem agredido na Estação Campo Limpo, pertencente à Linha 5 - Lilás. O caso teria acontecido por volta das 16h30 quando o rapaz passava pela estação.

Em depoimento à polícia, ele afirmou ter sido segurado pelo braço, além de ter seu tênis rasgado e jogado fora. Ele sofreu uma luxação no braço e passou pelo Hospital Municipal do Campo Limpo, mas não precisou ser internado. O caso foi registrado no 37º DP como lesão corporal.

Através de nota, o Metrô informou que as versões apresentadas pelo músico e pelos agentes de segurança são divergentes, mas não deu mais detalhes. O Metrô afirmou ainda que vai aprofundar o esclarecimento dos fatos e circunstâncias da ocorrência com rigor e rapidez.

Mais conteúdo sobre:
Metrô agressão músico Cidades

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.