Museu já exibe acervo do sertanejo Tinoco

O museu que homenageia a dupla Tonico e Tinoco recebeu objetos pessoais, documentos e até presentes de fãs de Tinoco, falecido em maio aos 91 anos de idade. O acervo já contava a história de Tonico, morto em 1994. A dupla cantou por seis décadas, gravou 83 discos e vendeu 150 milhões de cópias. O museu fica na casa onde a dupla viveu.

O Estado de S.Paulo

10 Outubro 2012 | 03h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.