Divulgação/EDP
Divulgação/EDP

Museu da Língua Portuguesa tem previsão de reabertura para 2020

Local foi fechado após incêndio de grandes proporções em 2015; obras devem custar R$ 80,9 milhões

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de maio de 2019 | 23h05

O Museu da Língua Portuguesa deve reabrir as portas no primeiro semestre de 2020, segundo a previsão da Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa. Fechado após um incêndio de grandes proporções em 2015, o espaço deve ter as obras concluídas em dezembro deste ano, após uma obra de R$ 80,9 milhões. 

O governo estadual ainda não definiu uma data precisa para a reabertura, que deve ser anunciada ainda neste ano. 

O secretário estadual de Cultura, Sérgio Sá Leitão, participou uma vistoria nas obras do museu na tarde desta segunda-feira, 6, acompanhado de representantes de empresas que patrocinam a reforma. Ele disse que as obras estão "no ritmo certo" e que devem ser concluídas dentro do cronograma.

Até agora, foram concluídas as etapas de restauro das fachadas e esquadrias e de reconstrução da cobertura, faltando as obras de adaptação interna, que deve ser finalizada até outubro. A cobertura do prédio, que teve a restauração concluída em meados do ano passado, tem o equivalente a 89.150 quilos de madeira certificada da Amazônia.

Um terço do total de R$ 80,9 milhões foram pagos pelo seguro feito pelo museu, e cerca de R$ 20 milhões foram captados por meio da Lei Rouanet. Em julho de 2018, o valor da reconstrução era estimado em R$ 60 milhões/ COM AGÊNCIA BRASIL

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.