Mulher vítima de violência doméstica terá defesa gratuita em SP

Secretaria Municipal de Segurança e Parceria vai firmar termo de cooperação com a Defensoria Pública estadual

Paulo R. Zulino, de O Estado de S. Paulo,

03 de março de 2008 | 15h26

A Secretaria Municipal de Participação e Parceria (SMPP) vai firmar na terça-feira, 4, na sede da Associação dos Advogados de São Paulo, um termo de cooperação com a Defensoria Pública do Estado para o atendimento jurídico gratuito nos casos de violência doméstica contra mulheres.   A defesa jurídica gratuita, na base em que está o termo de cooperação, é uma antiga reivindicação dos grupos organizados de defesa da mulher na capital paulista.    A abertura da cerimônia de assinatura do acordo será realizada às 11 horas e contará com a presença do prefeito Gilberto Kassab e outras autoridades.   A partir da celebração do convênio, os defensores públicos atenderão às terças e quintas-feiras, das 8 horas às 12 horas, os casos nos cinco centros de cidadania da mulher e nos centros de referência localizados em diversas regiões da cidade que são administrados pela SMPP, por meio da Coordenadoria de Mulheres.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.