Mulher sofre tentativa de ataque sexual dentro da estação Sacomã do Metrô

Câmeras instaladas na estação registraram abuso; imagens serão enviadas à Polícia Civil

Priscila Trindade, estadão.com.br

21 Julho 2011 | 10h03

SÃO PAULO - Uma mulher de 34 anos foi vítima de abuso sexual na manhã da última terça-feira, 19, dentro da Estação Sacomã, da Linha 2-Verde, do Metrô de São Paulo, localizada na zona sul da cidade.

 

O ataque aconteceu por volta das 9h20, após a vítima pedir informações sobre o trajeto a um homem. Ela seguia as indicações fornecidas, quando foi abordada pelo mesmo homem na escada de acesso da estação, na Rua Bom Pastor.

 

O agressor chegou a tirar a parte de baixo da roupa da vítima e um objeto aparentando ser uma faca de dentro da jaqueta. Houve luta corporal, e a mulher conseguiu se desvencilhar e correr. Ela gritou por socorro e o homem fugiu em direção ao terminal de ônibus.

 

Em nota, o Metrô disse que câmeras instaladas na estação registraram o episódio. As imagens serão disponibilizadas para a polícia. Até a tarde desta quinta-feira, 21, o suspeito não havia sido identificado. A ocorrência foi registrada na Delegacia de Polícia do Metropolitano (Delpom) como ato obsceno, lesão corporal e ameaça.

 

Outro caso. Não é a primeira vez que uma mulher sofre abuso na Linha Verde. Uma supervisora de 26 anos foi molestada sexualmente na manhã do dia 19 de abril, em um vagão entre as estações Paraíso e Brigadeiro.

 

O homem se aproximou, pegou-a pelo braço e ordenou que ela ficasse quieta, caso contrário machucaria seu rosto. Ele colocou a mão por baixo da sua saia, rasgou sua roupa íntima e a tocou. Outros passageiros perceberam a ação do rapaz e tentaram intervir, porém não conseguiram detê-lo.

 

Texto atualizado às 13h55.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.