Mulher sofre infarto após assalto e morte do marido e do filho

Bandidos invadiram a casa da família em Barueri e atiraram no marido e no filho da vítima; um ladrão foi preso

Elvis Pereira, Central de Notícias,

20 Maio 2009 | 17h00

Menos de 24 horas depois de ter a casa invadida e o marido e o filho baleados, Maria Encarnação Benedito da Silva, de 59 anos, sofreu um infarto fulminante no pronto-socorro Central de Barueri, na região metropolitana de São Paulo. Seu corpo foi sepultado na tarde desta quarta, 20, no cemitério do município.

 

Poucos minutos após o falecimento de Maria, os médicos do Hospital Cruzeiro do Sul, em Osasco, confirmaram a morte encefálica do filho dela, o motoboy Pablo Patrick Ramos da Silva, de 21 anos. A família já autorizou a doação dos órgãos dele. O rapaz havia sido alvejado na cabeça durante o crime e, após ser atendido no PS Central, foi transferido para o Cruzeiro do Sul, onde deu entrada em coma profundo.

 

No fim da noite de segunda, dois criminosos renderam Pablo na porta da casa da família, no bairro Jardim Belval, e invadiram o imóvel, onde estavam Maria e o marido dela, o comerciante João dos Ramos Pires, de 66 anos. Os assaltantes levaram João e Pablo para um quarto, onde acreditavam existir um cofre. Como não o encontraram, atiraram no pai e no filho e fugiram com joias, um celular e R$ 60 em dinheiro.

 

Acionada, a polícia efetuou buscas na região e se deparou com dois homens numa motocicleta CG Titan. O servente Ailton Caetano da Silva, de 29 anos, que estava na garupa, foi reconhecido e acabou preso. O segundo suspeito foi detido para averiguação e, mais tarde, liberado.

Mais conteúdo sobre:
crime assalto latrocínio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.