Mulher que morreu viajava com amigas

Lilian Aparecida de Souza, de 43 anos, voltava para São Paulo, onde morava, quando o veículo em que viajava com duas amigas foi atingido pela enxurrada. Segundo o coronel da Polícia Militar Newton Michelazzo, ela tentava sair do carro, auxiliada por um homem, quando foi atingida no peito por um tronco. Depois, acabou arrastada pela lama. Seu corpo foi achado sob um carro. As duas amigas se salvaram.

O Estado de S.Paulo

24 de fevereiro de 2013 | 02h01

O corpo de Lilian foi reconhecido pelo marido, ainda na estrada, e levado ao IML de Santos. De lá, seria removido a São Paulo, onde ocorrerá o enterro. Lilian tinha uma filha de 6 anos. / ZULEIDE DE BARROS, ESPECIAL PARA O ESTADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.