Mulher que matou filha de amante pega 43 anos

Luciene Reis Santana, de 24 anos, acusada de matar a menina Lavínia Azevedo de Oliveira, de 6, em Duque de Caxias, no Rio, no ano passado, foi condenada anteontem a 43 anos de prisão, segundo o Tribunal de Justiça do Estado. Ela ainda vai ter de pagar 300 salários mínimos por danos morais causados à família da vítima. Luciene era amante de Rony dos Santos de Oliveira, pai de Lavínia. Desaparecida desde 28 de fevereiro, a menina foi encontrada morta no quarto de um hotel de Duque de Caxias, em 2 de março.

O Estado de S.Paulo

24 Março 2012 | 03h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.