Mulher que era mantida refém é liberada na zona leste

Vítima do cárcere é uma funcionária de consultório dentário

12 Abril 2012 | 12h54

São Paulo, 12 - Um homem foi preso após liberar uma funcionária de um consultório dentário, no bairro do Tatuapé, zona leste de São Paulo, que era mantida refém após uma tentativa de assalto frustrada, segundo informações da Polícia Militar. Ao contrário das informações divulgadas anteriormente pela PM, a vítima do cárcere privado é uma funcionária do local e não o dentista.

Segundo a PM, além do sequestrador, um outro homem, que estava do lado de fora do consultório e supostamente se comunicava com o suspeito por um celular, também foi detido e levado para a Central de Flagrantes, no 31ºDP, para averiguação. Ninguém ficou ferido.

A tentativa de assalto aconteceu por volta das 12 horas, na Rua Platina, quando o suspeito entrou no consultório, anunciando o assalto. Alguns pacientes conseguiram fugir e acionaram a polícia. Uma equipe do helicóptero Águia sobrevoou a região dando apoio aos policiais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.