Mulher morre e crianças desaparecem após córrego transbordar

Menino de 11 anos está desaparecido desde a noite de domingo, quando fortes chuvas atingiram a Grande SP

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

22 de outubro de 2007 | 06h56

A forte chuva que atingiu a região norte da capital e a Grande São Paulo na noite deste domingo, 21, causou o transbordamento de dois córregos nas cidades de Franco da Rocha e Francisco Morato. Duas crianças desapareceram e a mãe de uma delas morreu, segundo informações da Polícia Militar. Eram 21h30 quando Gilvânia Santos Paula, de 27 anos, teve parte da casa levada pelas águas do córrego na Rua Doze, no Jardim Rosa, em Francisco Morato. Paula e seu filho, Wesley, de 11 anos, foram levados junto com a residência. Os bombeiros foram acionados, mas pouco puderam fazer. O corpo da jovem foi encontrado no mesmo córrego no trecho que passa pela Vila Guilherme, na mesma cidade. O menino continuava desaparecido. No final da noite de domingo, Maria Erivânia Marques Ferreira Lopes, de 35 anos, e o filho, Webert, de 2 anos, que era levado no colo da mãe, foram arrastados pelas águas de um córrego na Rua Paoli, em Vila Bazu, na cidade de Franco da Rocha. Testemunhas que também passavam pelo local conseguiram resgatar com vida a mulher, que ficou presa junto à sujeira do córrego, mas a criança escapou do colo de Erivânia e segue desaparecida.

Tudo o que sabemos sobre:
chuvas em SPtransbordamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.