Mulher morre com tiro na cabeça na Vila Madalena

Nada foi roubado da vítima, que chegou a ser levada ao Hospital das Clínicas mas não resistiu

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

06 de novembro de 2008 | 11h15

Uma psicóloga da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) morreu na manhã desta quinta-feira, 6, depois de ser baleada na cabeça na Vila Madalena, na zona oeste de São Paulo. Renata, de 44 anos, foi abordada quando saia de casa, na Rua Beatriz.   Segundo informações inicias da Polícia Militar, dois suspeitos que estavam em uma moto pararam ao lado do veículo Fiesta da vítima, por volta das 7h30, e dispararam contra a mulher.   Ela chegou a ser socorrida ao Hospital das Clínicas, mas não resistiu aos ferimentos. Nada foi roubado da vítima e há suspeita de homicídio.   Texto ampliado às 13h28 para acréscimo de informações.

Tudo o que sabemos sobre:
violênciahomicídioVila Malena

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.