Mulher é presa tentando enviar cocaína para a Austrália pelo correio

Droga estava dentro de caixa em meio a roupa de bebê; ela já havia tentado enviar 15 caixas com drogas para o exterior

27 de setembro de 2012 | 14h18

SÃO PAULO - A Polícia Federal (PF) prendeu nesta quarta-feira, 26, uma brasileira que tentava postar roupas para bebê junto com cocaína em uma agência dos Correios no Bairro do Limão, em São Paulo. Os objetos seriam enviados para a Austrália.

 

A droga estava escondida no interior da estrutura da caixa, semelhante àquelas fornecidas pelos Correios. A mulher trazia consigo outros documentos de identidade falsos, mas com nomes diferentes. A PF descobriu que os documentos foram utilizados em outras 15 postagens para o exterior, com quatro nomes diferentes que já estavam sendo investigados.

 

Nos casos anteriores a cocaína somente havia sido descoberta após os pacotes terem sido levados para a triagem central dos Correios. Inquéritos policiais haviam sido instaurados para a identificação dos responsáveis pela postagem.

 

A ação aconteceu durante o Projeto Faro Fino, ação integrada entre a PF, a Receita Federal e os Correios, com a finalidade de prevenir a postagem de substâncias ilícitas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.