Mulher é presa em flagrante batendo no filho de 1 ano em Marília-SP

Segundo testemunhas, acusada arrastou e bateu no menino por "vários quarteirões" e tinha sinais de embriaguez

Julia Baptista,

19 de novembro de 2010 | 17h53

SÃO PAULO - Uma mulher de 29 anos foi presa em flagrante na quarta-feira, 17, quando arrastava o filho de um ano pela rua em Marília, a 443 quilômetros de São Paulo. Segundo testemunhas disseram à polícia, a acusada arrastou e bateu no menino por "vários quarteirões" e ela tinha sinais de embriaguez.

 

A criança foi levada ao Centro de Atendimento à Criança e ao Adolescente de Marília (Cacam) do Conselho Tutelar, onde permanecia ao cuidados de uma conselheira na tarde desta sexta-feira, 19. Segundo a conselheira que atendeu a vítima, o pai do menor, Orlando Alves da Silva, foi chamado, mas ele também estava bêbado e não apresentava condições de cuidar do filho. A mãe foi liberada após depoimento. O caso será investigado pela Delegacia da Mulher (DDM) de Marília.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.