Mulher é presa com 3,2 mil cápsulas de cocaína na Grande SP

Polícia também encontrou duas balanças de precisão, três telefones celulares e uma metralhadora 9 mm

Paulo R. Zulino, do estadao.com.br,

26 de fevereiro de 2008 | 12h40

Uma mulher foi presa por policiais civis com 3.200 cápsulas de pasta de cocaína na segunda-feira, 25, em sua residência, em Jandira, região metropolitana de São Paulo. Com I.C.S., de 27 anos, ainda foram encontradas duas balanças de precisão, três telefones celulares e uma metralhadora 9 mm.   Segundo o delegado Marcelo Guedes, a polícia já investigava a ação de traficantes na região há cerca de um mês. Por volta das 14 horas de segunda-feira, policiais civis da Delegacia de Jandira seguiram para o endereço da mulher, na Avenida Dona Catarina, em Vila Hercília, com informações de que ela cuidava de um ponto de tráfico. Chegando lá, encontraram o tóxico e a metralhadora em poder da indiciada, que não mostrou resistência. A mulher foi presa em flagrante por tráfico de entorpecentes, cuja pena varia de cinco a 15 anos de reclusão.

Tudo o que sabemos sobre:
cocaínamulherprisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.