Mulher é presa ao tentar matar filha de 3 meses durante briga de casal em SP

Segundo a polícia as brigas do casal eram constantes; a criança foi internada com afundamento de crânio e o quadro clínico é crítico

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

21 Julho 2011 | 06h02

SÃO PAULO -  A dona de casa Elisângela Santos da Silva, de 29 anos, foi presa, por volta das 23h30 de quarta-feira, 20, ao jogar a filha, Aline, de apenas 3 meses de idade, contra o chão durante uma discussão com o marido, um pedreiro, na residência do casal, na Rua Santa Bárbara, no Jardim Néri, região do Itaim Paulista, na zona leste de São Paulo.

 

Policiais militares da 4ª Companhia do 29º Batalhão, acionados pelo pai da vítima, encaminharam a criança para o pronto-socorro da região. Com afundamento de crânio, a menina foi transferida para o Hospital Tide Setubal e, de lá, para o Hospital Santa Marcelina, no Itaim Paulista, onde continua internada em estado grave. Segundo os policiais, que conversaram com os médicos, o quadro a criança é praticamente irreversível.

 

A mãe foi detida e levada pela PM para o plantão do 50º Distrito Policial, do Itaim, e autuada em flagrante por tentativa de homicídio. Segundo a polícia, Elisângela sofre de depressão e constantemente brigava com o marido, que, por viajar bastante, vinha se ausentando muito da casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.