Mulher é presa ao tentar entrar com 8 celulares em cadeia

Ela acabou flagrada durante a revista em Guarulhos; segundo policiais, ela entregaria aparelhos ao marido

24 de setembro de 2007 | 09h26

Elisabete Baraldi, de 37 anos, foi presa no domingo ao tentar entrar no Centro de Detenção Provisória 1 de Guarulhos, na Grande São Paulo, com oito celulares, chips e baterias escondidos nas roupas. Acabou flagrada durante a revista. "É comum ‘caírem’ com dois ou três aparelhos, mas com oito é a primeira vez", contou um funcionário. Segundo a polícia, ela iria entregar os aparelhos ao marido, que tem dívidas na prisão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.