Mulher é morta pelo ex em pet shop de Moema

Os registros de boletim de ocorrência sobre ameaças do ex-marido não foram suficientes para evitar que a esteticista Ivete Faria Tenório, de 33 anos, fosse assassinada com golpes de faca na manhã de ontem, no pet shop onde trabalhava, em Moema, na zona sul de São Paulo.

Camilla Haddad e Bruno Lupion, O Estado de S.Paulo

09 de outubro de 2010 | 00h00

Segundo testemunhas, o ex-companheiro da vítima, identificado como Vilobaldo Silva Oliveira, de 43 anos, entrou no estabelecimento e se dirigiu a Ivete, atacando-a. O suspeito, que é metalúrgico, estava foragido até a noite de ontem.

O casal morava em uma casa simples no bairro do Parque Santo Antônio, na zona sul. De acordo com amigos e parentes da esteticista, Oliveira não se conformava com o fim do relacionamento de 21 anos. O casal tem uma filha, de 20. Por conta das brigas, a esteticista registrou dois boletins de ocorrência contra Oliveira no 92.º DP (Parque Santo Antônio), um em 2006 e outro no ano passado. A Secretaria da Segurança Pública não deu informações sobre as investigações a respeito das ameaças que a vítima havia sofrido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.