Mulher é morta em tentativa de assalto na zona oeste de São Paulo

Bandidos também atiraram em um filho da vítima, que foi socorrido e levado ao Hospital Universitário da Universidade de São Paulo

O Estado de S. Paulo

16 Setembro 2014 | 09h29

Atualizado às 14h

SÃO PAULO - Uma mulher de 39 anos e seu filho de 17 anos foram atingidos por disparos de arma de fogo de bandidos na noite desta segunda-feira, 15, enquanto saíam de casa, em um condomínio no Rio Pequeno, na zona oeste da capital paulista. A empresária Vanessa Rodolpho Garcia Barone não resistiu aos ferimentos e morreu, embora tenha sido socorrida e levada ao pronto-socorro do Hospital Cruzeiro do Sul, em Osasco, na Grande São Paulo.

De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP/SP), o caso foi registrado às 23h30 desta segunda-feira. Vanessa saía com seu filho de um prédio na Rua Renato Egídio de Souza Aranha em um Audi TT, quando foi abordada por uma dupla em uma moto; um dos criminosos estava armado

Os homens anunciaram o assalto e pediram os celulares das vítimas, dinheiro e outros pertences. Segundo informações prestadas à polícia, o filho da vítima entrou em luta corporal com o suspeito armado e três tiros foram disparados. Um deles atingiu Vanessa e dois feriram o garoto de raspão.

A dupla fugiu sem levar nada. Não houve tempo para que Vanessa chegasse ao hospital para receber atendimentos. O filho foi socorrido no Hospital Universitário (HU) da Universidade de São Paulo (USP), no Butantã, também na zona oeste.

O caso foi registrado no 91º Distrito Policial (Ceagesp), mas a investigação deve ser conduzida pela 93º DP (Jaguaré).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.