Mulher é atropelada após discussão em bar de SP

O criminoso tentou fugir, mas acabou detido por policiais militares; ele apresentava sinais de embriaguez

Gheisa Lessa - estadão.com.br,

13 Agosto 2012 | 16h31

SÃO PAULO - Um gerente, de 27 anos, foi preso em flagrante na noite do último domingo, 12, acusado de atropelar uma mulher, de 24 anos, depois de uma briga em um bar localizado na Rua Aspicuelta, na Vila Madalena, zona oeste de São Paulo. Além de atingir a jovem, o homem bateu em dois carros e em uma moto antes de tentar fugir do local. A vítima foi levada para o Hospital das Clínicas.

O gerente vai responder por tentativa de homicídio, segundo informou a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP). Testemunhas contaram que o homem se envolveu em uma discussão e passou a ameaçar as pessoas envolvidas na briga. Depois, o suspeito saiu do bar, pegou o carro e atropelou uma mulher de 24 anos. O carro ainda bateu em outros veículos estacionados.

O criminoso tentou fugir seguindo pela Rua Fradique Coutinho, mas acabou detido por policiais militares que faziam patrulhamento na região. Ele apresentava sinais de embriaguez e tinha um ferimento no rosto. Ele foi atendido no pronto-socorro da Lapa.

O carro que o gerente dirigiu no momento do crime foi apreendido e a ocorrência registrada no 14º Distrito Policial (Pinheiros) como tentativa de homicídio, atropelamento, embriaguez ao volante e fuga de local de acidente.

Mais conteúdo sobre:
presoatropelamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.