Mulher é arrastada por tromba d'água no interior de São Paulo

Maria Aparecida Cruz, de 42 anos, foi levada pela correnteza em Ourinhos e está desaparecida; buscas recomeçam nesta quinta

CHICO SIQUEIRA , Especial para O Estado

04 de março de 2015 | 23h17

ARAÇATUBA - Homens do Corpo de Bombeiros de Ourinhos, no interior de São Paulo, reiniciam na manhã desta quinta-feira, 5, as buscas por uma mulher que foi arrastada pela correnteza da chuva e desapareceu nas águas do córrego Christoni, na Vila Sá, no início da noite desta quarta-feira. 

De acordo com informações da Polícia Militar, no momento da forte chuva, a dona de casa Maria Aparecida Cruz, de 42 anos, que morava nas proximidades, lavava roupas ou louças fora de casa, quando uma tromba d'água a pegou de surpresa e a arrastou para as águas do córrego.

Os bombeiros iniciaram as buscas por toda a extensão urbana do córrego, mas por volta das 21 horas tiveram de parar por causa da falta de luminosidade. De acordo com a PM, as buscas vão recomeçar na manhã desta quinta-feira. Os Bombeiros informaram que, apesar de forte e intensa, a chuva não causou maiores danos na cidade.

Em setembro do ano passado, Cleonice Silva Santos, de 45 anos, também foi arrastada pela enxurrada que destruiu sua casa e a arrastou para dentro do córrego Monjolinho. O marido de Cleonice conseguiu escapar e salvar os dois filhos de 6 e 16 anos, mas não pôde socorrer a mulher. As buscas dos bombeiros foram encerradas após 12 dias sem que os Bombeiros localizassem o corpo de Cleonice. 

Tudo o que sabemos sobre:
São PauloOurinhos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.