Mulher de 22 anos dá à luz durante resgate no Espírito Santo

Em meio à tragédia provocada nos últimos dias pelas chuvas no Espírito Santo, uma jovem de 22 anos viveu dois dramas em poucas horas. Isolada no balneário de Povoação, em Linhares, norte do Estado, Daiane de Jesus Silva contou com a ajuda de bombeiros para ser resgatada no cais do porto de Rio Doce e, minutos depois, dentro de um bote da corporação, deu à luz um menino.

SÍLVIO BARSETTI / RIO, O Estado de S.Paulo

30 Dezembro 2013 | 02h05

Kauã e a mãe foram levados em seguida para o Hospital Rio Doce, em Linhares, onde permanecem internados. O estado de saúde deles é bom. A ação emocionou os bombeiros.

A ajuda aos desabrigados conta com a ação isolada de voluntários, de entidades e de outras iniciativas coordenadas pelos governos federal, estadual e de vários municípios. A Força Aérea Brasileira (FAB), por exemplo, resgatou entre a tarde de sábado e a manhã de ontem mais de 300 vítimas das enchentes no Espírito Santo. Essas pessoas estavam em Pontal do Ipiranga, distrito da região nordeste do Estado.

Em dez dias de atuação na missão humanitária, a FAB já resgatou mais de 550 pessoas e transportou mais de 30 toneladas de alimentos para os municípios mais afetados. As chuvas da última semana deixaram 24 mortos e mais de 50 mil desabrigados ou desalojados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.