Mulher com carta vencida atropela e mata idosa em São Paulo

Uma mulher que dirigia com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com o exame médico vencido atropelou e matou uma senhora e feriu uma criança, em São Paulo. De acordo com informações do 33o. Distrito Policial de Pirituba, onde a ocorrência foi registrada, o caso aconteceu, por volta das 18h30 de domingo, 27, na Avenida Cavaleiros de São Paulo, na altura do número 10, no City América, zona oeste da cidade.   Carmelina Elisabeth Prasniesqi dirigia um Fiat Uno. Ela estava em companhia do filho. Ao tentar passar por uma lombada, em vez de frear, acabou acelerando o veículo. O carro, desgovernado, foi parar na calçada atingiu a mulher, de 57 anos, e sua neta, de apenas quatro anos. A senhora chegou a ser levada pelo Samu para a Santa de Casa de Misericórdia de São Paulo, mas não resistiu e morreu. A menina está internada no Hospital São Camilo. A motorista foi indiciada em inquérito por homicídio culposo, que é quando não há intenção de matar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.