Mulher aparece morta dentro de piscinão na zona sul de SP

Polícia Civil não informou se a vítima se jogou ou foi levada pela enxurrada durante a chuva desta quinta, 4

Ricardo Valota, do estadao.com.br,

05 Fevereiro 2010 | 07h35

O corpo de uma mulher grávida, supostamente moradora de rua, foi retirado, por volta da 0h30 desta sexta-feira, 5, por uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) das margens do piscinão Washington Luís, no trecho localizado entre a Avenida Jornalista Roberto Marinho e a Avenida Doutor Lino de Moraes Leme, na região do Jardim Aeroporto, zona sul de São Paulo.

 

A vítima, segundo o que PMs da 1ª Companhia do 12º Batalhão apuraram com testemunhas que passavam no local - muito usado por moradores de rua que se abrigam da chuva - teria se jogado no piscinão. O caso foi registrado na delegacia do Campo Belo (27ºDP), mas a Polícia Civil não quis informar se a vítima se jogou ou se, por causa da forte chuva, escorregou ou foi arrastada, caindo no piscinão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.