Mulher anda na contramão em rodovia paulista, bate e morre

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, não há sistema de monitoramento por câmeras na SP-294

Paulo R. Zulino, estadao.com.br

28 de março de 2008 | 09h19

Uma motorista que dirigia na contramão em uma estrada de São Paulo morreu ao bater contra uma picape, no interior do Estado. De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, o acidente aconteceu por volta das 19 horas de quinta-feira, 27, na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294), na altura do quilômetro 449, região de Marília. Eliana Neide da Silva, de 37 anos, conduzia uma Brasília (placas BJQ-9404) de Marília, e, por motivos ainda ignorados, entrou na estrada na contramão e bateu de frente contra uma picape Chevrolet D-20, que trafegava no sentido correto da rodovia. O motorista da picape disse que tentou desviar da Brasília, mas não conseguiu. A mulher morreu no local. A Polícia Rodoviária Federal não tem circuito de gravação nesta estrada. No último dia 17 de fevereiro, um motorista andou cerca de quatro quilômetros, numa Parati, na Rodovia Castello Branco. Ele acabou se chocando contra um caminhão Volvo e morreu. No caso da motorista de Marília, o trecho que ela percorreu na contramão, conforme a Polícia Rodoviária, foi bem menor. Acredita-se que a mulher possa ter errado o caminho.

Tudo o que sabemos sobre:
dirigir na contramão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.