MTST ocupa terreno abandonado em Carapicuíba

Cerca de 500 famílias sem-teto montaram barracos no local durante a madrugada deste sábado

O Estado de S. Paulo

27 Setembro 2014 | 15h57

SÃO PAULO - O Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) fez na madrugada deste sábado, 27, a ocupação de um terreno abandonado de 97 mil metros quadrados na Rua São Camilo, em Carapicuíba, na Grande São Paulo. 

Segundo o movimento, cerca de 500 famílias que viviam em áreas de risco, favelas ou sem condições de pagar aluguel passaram a ocupar o local, que "serve apenas para valorização imobiliária, não cumprindo sua função social". 

O MTST tem como objetivo destinar a área, vazia há anos, para habitação popular, atendendo as famílias ocupantes. 

Mais conteúdo sobre:
CarapicuíbaocupaçãoMTST

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.