MTST ocupa três terrenos em São Paulo

Cerca de mil famílias participaram das ações em Guarulhos, Carapicuíba e no extremo sul da capital paulista

Paulo Beraldo, O Estado de S.Paulo

03 de junho de 2017 | 04h30

SÃO PAULO - O Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) ocupou três terrenos na capital paulista e na região metropolitana na madrugada deste sábado, 3. Segundo o movimento, mil famílias participam das ações em São Paulo, Guarulhos e Carapicuíba. A Polícia Militar esteve nos locais e não houve confrontos. 

Cerca de 400 famílias ocuparam um terreno na Chácara Sonho Azul, próximo à Estrada M'boi Mirim, no extremo sul da capital paulista. Segundo o MTST, esse espaço estaria abandonado há 30 anos. 

Integrantes do MTST dizem que objetivo das ações é pressionar o poder público para construir novas moradias e reduzir o déficit habitacional na cidade. As outras duas ocupações ocorreram em Guarulhos, em um terreno abandonado, e em Carapicuíba, em um espaço da Companhia Metropolitana de Habitação (Cohab). 

A crise econômica e o desemprego, que já atinge 14 milhões de pessoas, aumentaram demanda por moradias, já que muitos não conseguem mais pagar os aluguéis. 

Mais conteúdo sobre:
MTST

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.