MP vai apurar se sindicato vazou informações

O Ministério Público Estadual vai apurar o suposto vazamento de informações, por parte do Sindicato da Habitação (Secovi), sobre a investigação que resultou na prisão da quadrilha do ISS. Escutas revelam que auditores foram informados da investigação pelo sindicato.

Bruno Ribeiro, Fabio Leite e Marcelo Godoy, O Estado de S.Paulo

12 de novembro de 2013 | 02h11

O promotor Roberto Bodini afirma que recebeu "alguns recados" de que o Secovi pretende procurar o MPE para comentar o assunto. O promotor pretende ouvir essas pessoas antes de decidir se algum representante de entidade poderá ser responsabilizado. "Fiz reunião com o Secovi e detalhei algumas coisas sobre a investigação. Posteriormente, há a gravação do Eduardo Barcellos (um dos acusados), procurando o Ronilson e dizendo que havia sido procurado pelo Secovi, que era para eles ficarem quietos de um lado que o Secovi ficaria quieto de outro", disse Bodini.

O Secovi afirmou em nota ser "inverídica" a informação sobre o envolvimento de diretores com Barcellos. Afirma que está colaborando com as investigações, mas reconhece que havia sido procurado pelo MP antes da operação que resultou na prisão dos fiscais.

Tudo o que sabemos sobre:
iss

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.