MP recorre para incluir pedreiros no processo

O Ministério Público do Estado do Rio recorreu ontem da decisão da 31.ª Vara Criminal da Capital que rejeitou denúncia por crime culposo contra 4 dos 6 acusados pelo desabamento dos Edifícios Liberdade, Treze de Maio e Colombo, no centro do Rio, em 25 de janeiro de 2012. Dezesseis pessoas morreram e 5 estão desaparecidas. O MP quer incluir no processo os 4 pedreiros que reformavam um dos andares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.