Reprodução
Reprodução

MP recebe vídeo de estudante que desmaiou de tanto apanhar em escola

Caso ocorrido em Guararapes no dia 28 de maio está sendo investigado pelo Juizado da Infância, Polícia Civil e Conselho Tutelar

Chico Siqueira, especial para o Estado, O Estado de S.Paulo

12 Junho 2013 | 17h38

GUARARAPES - O Juizado da Infância e da Juventude, a Polícia Civil e o Conselho Tutelar de Guararapes (SP) apuram o caso de uma estudante de 14 anos que desmaiou de tanto apanhar em uma escola estadual da cidade. A menina brigou com outras colegas dentro do banheiro do colégio Waldemar Queiróz. A briga ocorreu em 28 de maio, mas a mãe da menina enviou um vídeo na última segunda-feira, 10, para o Ministério Público, que pediu a apuração do caso.

Segundo a presidente do Conselho Tutelar de Guararapes, Luzia Domingues Galvão, a garota foi socorrida e encaminhada ao hospital, onde ficou em observação, sendo liberada no mesmo dia. Contudo, está sem assistir às aulas devido ao trauma. "Ela está sendo atendida por uma psicóloga para se recuperar e voltar a levar uma vida normal", explicou.

Os motivos da agressão ainda não foram apurados pelas autoridades, mas a mãe da garota afirma que a filha teria sido vítima de bullying. "Ela deveria ter nos comunicado antes sobre isso, e assim seria possível evitar as agressões físicas", disse a conselheira. Segundo ela, as duas estudantes que aparecem no vídeo agredindo a garota foram transferidas de escola com autorização dos pais.

O Ministério Público Estadual informou que enviou a cópia do vídeo para a Polícia Civil abrir procedimento e apurar ato infracional, além de afirmar que acompanhará o caso até que a vítima tenha condições de levar uma vida normal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.