MP quer R$ 20 mil de mulher que matou cão

O Ministério Público de Goiás entrou ontem com uma ação contra a enfermeira Camilla Araújo dos Santos, de 22 anos, acusada de agredir até a morte um cão da raça Yorkshire na frente do filho em dezembro, em Formosa. O promotor Heráclito D'Abadia Camargo pede para que ela seja "condenada a indenizar os interesses difusos e coletivos lesados, decorrentes do abalo à moral coletiva". Ele pede R$ 20 mil.

O Estado de S.Paulo

28 Março 2012 | 03h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.