MP faz força-tarefa contra rixa entre imigrantes

Após a morte do alfaiate boliviano Wilfredo Rodrigues Chambi, de 26 anos, em 17 de julho, no Pari, zona central de São Paulo, o Ministério Público Estadual anunciou ontem a criação de força-tarefa para apurar rixas entre peruanos, bolivianos e paraguaios. Para o promotor de Justiça Marcelo Rovere, intolerância entre imigrantes pode ter motivado o assassinato de Chambi. O promotor diz que há vários casos semelhantes na capital.

, O Estado de S.Paulo

17 de agosto de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.