MP fará inspeção na Marginal Tietê

Promotoria verifica se foi cumprido prazo para colocação da sinalização de trânsito definitiva na via; em caso de descumprimento, multa diária é de R$ 100 mil

Marília Lopes, estadão.com.br

01 de setembro de 2010 | 14h34

SÃO PAULO - O Ministério Público (MP) de São Paulo fará uma inspeção na Marginal Tietê hoje, 1, e amanhã, 2, para verificar se a Desenvolvimento Rodoviário S.A. (Dersa) cumpriu o prazo para a colocação da sinalização de trânsito definitiva em toda a marginal. Caso o prazo não tenha sido cumprido, a Dersa receberá multa diária de R$100 mil.

 

A promotora Maria Amélia Nardy Pereira, responsável pelo inquérito que apura a sinalização em toda a cidade, determinou a vistoria e só irá se posicionar após receber um relatório do trabalho do técnico, o que deve ocorrer na próxima sexta-feira, 3.O MP não informou como a inspeção será feita e nem em quais horários

 

O MP e a Dersa assinaram um Compromisso Preliminar de Ajustamento de Conduta (CPAC), no qual foi definido o prazo para a sinalização da Marginal Tietê. O prazo terminou ontem, 31.

 

A sinalização deficiente na Marginal Tietê e em outras vias da cidade de São Paulo é alvo de um inquérito civil instaurado pela Promotoria de Habitação e Urbanismo da capital.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.