MP e polícia investigam desvio de merenda no interior de São Paulo

Segundo denúncia, carne destinada às escolas era usada por funcionários da prefeitura de Batatais para fazer churrasco

Rene Moreira, Especial para O Estado

16 Julho 2014 | 13h04

BATATAIS - O Ministério Público e a Polícia Civil investigam um possível desvio de merenda escolar nas escolas municipais de Batatais, no interior de São Paulo. De acordo com a denúncia, carnes que deveriam alimentar os alunos nas instituições de ensino da cidade eram usadas para fazer churrasco todo final de semana por funcionários da prefeitura, que também abriu sindicância.

A Câmara Municipal da cidade instaurou uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) e já está ouvindo os envolvidos. As denúncias começaram a surgir em março deste ano e o caso já está sendo chamado de "Farra da Merenda". Entre as acusações também consta o uso de alimentos voltados aos estudantes para a realização de um almoço que contou com 500 pessoas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.