MP denuncia agente do Denarc por lavagem

O Ministério Público Estadual (MPE) denunciou anteontem o agente do Departamento de Narcóticos (Denarc) Ismar José da Cruz por lavagem de dinheiro. Ele é acusado de se beneficiar do tráfico em um esquema chamado "vira", em que devolvia parte de entorpecentes apreendidos. Com salário de R$ 3.441,01, Cruz conseguiu comprar, em nome de parentes, imóveis de alto padrão nos últimos oito anos.

O Estado de S.Paulo

28 Março 2012 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.