MP denuncia advogados por ajuda a facção

Procuradores da República denunciaram dois advogados defensores de líderes do Primeiro Comando da Capital (PCC) por corrupção ativa e violação de sigilo funcional. O Ministério Público acusou na Justiça Sérgio Weslei da Cunha e Maria Cristina de Souza Rachado de suposto pagamento de propina a um funcionário terceirizado da Câmara pela cópia da gravação de uma audiência reservada da CPI do Tráfico de Armas, em maio de 2006. As informações foram usadas pelo PCC para incitar rebeliões em presídios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.