Carlos Bassan/Prefeitura de Campinas
Carlos Bassan/Prefeitura de Campinas

MP cumpre mandados de prisão contra desvio de verbas da saúde no interior paulista

Operação cumpre 33 mandados de busca e apreensão e seis de prisão

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

30 Novembro 2017 | 08h07

SOROCABA – O Ministério Público Estadual, com apoio da Polícia Militar, cumpre 33 mandados de busca e apreensão e seis de prisão em cidades da região de Campinas, no interior de São Paulo. Os mandados foram expedidos em inquérito do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), que apura desvio de recursos públicos destinados à saúde. 

+++ Infestação de escorpiões afeta até escolas no interior de São Paulo

O principal alvo da operação, segundo o MPE, é a Organização Social Vitale, que administra o Hospital Ouro Verde, um dos principais hospitais públicos de Campinas. Foram feitas buscas na sede da empresa e em órgãos municipais, inclusive a sede da prefeitura.

Conforme o Gaeco, foi apurado que a organização, que não tem fins lucrativos, é usada por gestores para obter indevida vantagem patrimonial, com o desvio sistemático de recursos públicos na área de saúde.

+++ Justiça solta parente de criança morta na zona leste; 2 seguem presos

Há movimentação na sede do MP em Campinas, para onde estão sendo levados os documentos e materiais apreendidos. Os suspeitos detidos estão sendo levados para a 2ª. Delegacia Seccional de Campinas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.