Jéssica Aquino
Jéssica Aquino

Estradas registram movimento intenso na volta do feriado da Independência

Rodovias paulistas viram aumento no fluxo de veículos no fim do feriadão. Vias como a Bandeirantes e a Castelo Branco tiveram lentidão no sentido capital

Ana Paula Niederauer, O Estado de S.Paulo

07 de setembro de 2020 | 11h16
Atualizado 08 de setembro de 2020 | 17h26

O movimento nas principais vias que cortam o Estado de São Paulo nesta segunda-feira, 7, foi intenso na volta do feriado prolongado do Dia da Independência, segundo concessionárias que administram as rodovias. De acordo com a Artesp, parte das rodovias paulistas teve aumento no fluxo de veículos neste feriado em relação a finais de semana anteriores e também em relação a períodos anteriores ao início da quarentena.

A Ecovias, concessionária do Sistema Anchieta-Imigrantes, informou que a Operação Comboio estava em vigor em ambas as vias, desde a praça de pedágio do Km 31, por causa do nevoeiro. O tempo ficou encoberto com neblina no topo da serra e a visibilidade é parcial. A interligação no planalto foi bloqueada sentido litoral, da Anchieta para a Imigrantes, devido operação subida e no sentido São Paulo, por causa da neblina. 

A operação em vigor era a 2X8. A descida da serra foi feita apenas pela pista sul da via Anchieta. Já a subida aconteceu pelas pistas norte e sul da Rodovia dos Imigrantes e pista norte da via Anchieta. Segundo a Ecovias, até as 17 horas, dos 267 mil veículos que desceram para litoral, mais de 215 mil já retornaram para capital.

Segundo dados da Artesp, no período de sexta-feira, 4, a domingo, 6, no Sistema Anchieta-Imigrantes, após um alto volume de tráfego no sentido do litoral, resultou aumento de 20,08% quando comparado ao último final de semana entre os dias 28 e 30 de agosto.

Nos trechos rodoviários, administrados pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), que ligam ao litoral norte de São Paulo, a rodovia SP 055 Rio-Santos, entre Bertioga e São Sebastião teve pontos de lentidão sentido Bertioga. O trecho entre São Sebastião e Ubatuba, apresentou congestionamento no sentido São Sebastião.

 

Na Rodovia Mogi-Bertioga o trânsito ficou intenso no sentido Mogi. O motorista teve de ficar atento aos pontos de nevoeiro na via, no trecho de serra.

De acordo com dados da Artesp, na Rodovia dos Tamoios houve um registro de 134 mil veículos nas praças de pedágio de descida ao litoral entre sexta e domingo, com um aumento de 68,84% no sentido do litoral norte quando comparado ao último final de semana de agosto. No caso do histórico de feriados na rodovia, registrou um aumento de 9,37% na descida da serra, na qual se espera um fluxo intenso na subida nesta segunda-feira.

A CCR AutoBAn, concessionária que administra o Sistema Anhanguera-Bandeirantes, informou que teve lentidão na rodovia Bandeirantes, sentido São Paulo, do Km 70 ao 68, por volta das 19h.

Cerca de 465 mil veículos passaram no sistema Anhanguera-Bandeirantes nas praças próximas à capital, resultando em aumento de 3,4% dos automóveis com destino ao interior neste feriado quando comparado ao fim de semana anterior à quarentena, entre os dias 13 e 15 de março. Porém, muito próximo ao histórico de feriados que ocorreram na segunda-feira, registrando nesse caso uma redução de 1,86% no sentido do interior, segundo dados da Artesp.

A CCR Viaoeste, concessionária que administra as rodovias Castelo Branco e Raposo Tavares, informou que a rodovia Castelo Branco teve tráfego lento, sentido capital, entre os quilômetros 59 e 56 e do 51 ao 44. A via Raposo Tavares teve congestionamento, sentido São Paulo, do Km 40 ao 39.

De acordo com a Artesp, na Rodovia Castelo Branco passaram 154 mil veículos na Praça de Itu entre sexta e domingo, resultando em aumento de 23,73% no fluxo com destino para o interior, quando comparado ao fim de semana anterior à quarentena. Próximo ao histórico de feriados anteriores que ocorreram na segunda-feira, uma vez que esse tráfego representa um aumento de 4,98% em ambos os sentidos da rodovia.

Balsas

Na travessia de balsas entre Santos e Guarujá, o movimento permaneceu tranquilo até o fim da tarde. Nos dois lados, a espera era de 15 minutos, tempo do trajeto da embarcação. A capacidade é de 470 veículos por hora.

A travessia entre Ilha Bela e São Sebastião também teve o tráfego normal, com tempo de espera de 30 minutos. A balsa opera com maré normalizada sendo possível o transporte de veículos pesados (carretas, ônibus e caminhões).A capacidade é de 363 veículos por hora. 

Entre Bertioga e Guarujá, a travessia levava 30 minutos e apresentava movimentação normal nesta manhã. A travessia tem capacidade de 72 veículos por hora.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.