Movimento na estação rodoviária de Santos é interrompido

Avisos na rodoviária pedem para que os passageiros esperassem para viajar no dia seguinte

Zuleide de Barros,

22 de fevereiro de 2013 | 20h39

SANTOS - As partidas dos ônibus que fazem a ponte rodoviária entre Santos e São Paulo foram interrompidas nesta sexta-feira às 17h30, quando as empresas rodoviárias começaram a ser informadas dos problemas provocados pela queda de barreiras, o que obrigou a Ecovias a interromper o tráfego em direção à capital nas duas estradas. Em todos os guichês de venda de passagens foi afixado aviso aos usuários para que esperassem o dia amanhecer para seguir viagem. "Não sabemos quando o tráfego será restabelecido e, por essa razão, estamos recomendando para que as pessoas aguardem. A primeira saída ocorre às 5h30, na ponte rodoviária, quando acreditamos que o tráfego já esteja restabelecido", observava o representante de uma das empresas.

Na Translitoral, empresa que faz o transporte de passageiros para os aeroportos de Congonhas e Guarulhos, ninguém sabia informar que percurso o ônibus com saída no final da tarde iria fazer para acessar a capital. "Só sabemos que o último ônibus saiu às 18 horas, mesmo sabendo da interdição", informou um vendedor de passagens.

Tudo o que sabemos sobre:
Deslizamento de terra

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.