Movimento LGBT convoca protesto para domingo

Militantes do movimento de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT) e entidades sociais vão promover no domingo uma manifestação em repúdio e para reivindicar providências contra a série de atentados violentos cometidos na Avenida Paulista. O protesto está previsto para começar às 15 horas, no vão livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp), de onde os manifestantes vão caminhar até o local das agressões, próximo da Estação Brigadeiro do Metrô.

Solange Spigliatti, O Estado de S.Paulo

20 de novembro de 2010 | 00h00

Um abaixo-assinado virtual direcionado às autoridades públicas também já está disponível. O movimento questiona a falta de uma legislação específica que criminalize a homofobia, assim como já se enquadra o racismo. O foco do movimento é o crime cometido no domingo pelos cinco jovens de classe média - que estudam juntos em um colégio do Itaim-Bibi. Para os organizadores do evento, há diversos indícios que comprovam o crime de intolerância.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.