Movimento intenso amplia horário das lojas na Rua 25 de Março

Lojas iriam fechar às 14h, mas ficaram abertas até às 18h e também vão abrir no domingo e na segunda-feira

Mariana Londres, do Jornal da Tarde,

22 de dezembro de 2007 | 18h33

Um movimento surpreendentemente maior do que o esperado obrigou as lojas da região da Rua 25 de Março a estender o horário de funcionamento até as 18 horas neste sábado, 22. A previsão dos lojistas era fechar as portas às 14 horas, mas com lojas cheias e consumidores comprando, a decisão foi de ampliar o horário de funcionamento. Os comerciantes não davam conta de atender a tanta gente querendo comprar. No domingo, a previsão é que as lojas funcionem até às 14 horas, mas o horário também pode ser alterado.    Natal do crédito deixa conta para 2008  Ruas e shoppings lotados em SP; imagens   Diante desse movimento, a União dos Lojistas da 25 de Março e adjacências (Univinco) acredita que o número de consumidores na região tenha superado 1 milhão. Além do aumento no movimento, as compras individuais também cresceram. "O valor do gasto médio aumentou, pelo que estamos observando no caixa", diz o gerente da MP Brinquedos Ricardo Chamie. "A reposição foi bem maior este ano, o que significa que vendemos mais", explica o subgerente da Armarinhos Fernando, Carlos Alexandre Vital.   Neste sábado, os clientes que circularam pela região da 25 de Março tiveram que disputar o espaço das calçadas com várias fileiras de barracas de camelôs. "Está apertado, estou arrependida de ter vindo hoje", diz a produtora de teatro Maria Cláudia Reis, que aproveitou o sábado de véspera de Natal para comprar os presentes da crianças da família. Em algumas lojas havia fila na porta para entrar.   Na segunda-feira, 24, último dia para as compras de Natal, apenas 10% das lojas da região da 25 de Março vão ficar abertas entre as 8 e as 15 horas. As lojas do Brás vão funcionar das 9h às 14 horas neste domingo e das 8h às 15 horas na segunda.

Tudo o que sabemos sobre:
Natal25 de Marçocompras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.