Movimento diz que vai continuar acampado na frente da Prefeitura

O Movimento de Moradia Casa 10 afirmou que permanecerá acampado na Prefeitura porque o prefeito Fernando Haddad (PT) se recusa a negociar. Cerca de 300 pessoas permanecem em barracas armadas no Viaduto do Chá. De acordo com o coordenador do movimento, Paulo Viana, o chefe de gabinete da Secretaria Municipal da Habitação afirmou que só haveria negociação se a entidade desmontasse acampamento. O grupo pede o direito de indicar 1,5 mil das 55 mil habitações populares e afirma ter mantimentos para ficar ali por tempo indeterminado. A Prefeitura afirma que as exigências do movimento já estão em negociação e destaca que eles já foram atendidos neste ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.