Movimento de moradia ocupa imóveis da União em São Paulo e mais 11 Estados

Cerca de 1,5 mil pessoas ligadas ao Movimento Nacional por Moradia Popular (UNMP) ocuparam três prédios e um terreno em São Paulo como forma de pressionar o governo federal por uma política de habitação urbana. As ocupações ocorreram em outros 11 Estados.

, O Estado de S.Paulo

20 de maio de 2011 | 00h00

Os imóveis pertencem à União ou a órgãos federais, como o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e o Exército. Agências da Caixa Econômica Federal também foram invadidas temporariamente. O movimento não pretende manter as ocupações por muito tempo - na capital, apenas um imóvel permanecia ocupado ontem. Foram 17 ações no País. O movimento diz que agendou reunião com o presidente da Caixa, Jorge Hereda. A Caixa nega.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.