Motoristas e cobradores param e deixam passageiros sem van

Companhia de Engenharia de Tráfego e a Polícia Militar não têm informações sobre a paralisação

Solange Spigliatti, estadao.com.br

31 de julho de 2008 | 10h09

Os passageiros que utilizavam vans na região de Guarapiranga, na zona sul da cidade, na manhã desta quinta-feira, 31, foram obrigados a terminar a viagem andando, segundo informações da rádio CBN. Os motoristas e cobradores das vans e dos coletivos paralisaram as atividades e os passageiros foram obrigados a deixar os coletivos e a andar pela Avenida Guarapiranga e Ponte do Socorro. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e a Polícia Militar não tinham informações sobre a paralisação. Manifestações Segundo primeiras informações da polícia militar, funcionários da construção civil fazem manifestações em duas regiões metropolitanas de São Paulo. Cerca de 400 pessoas estão reunidas na Avenida Rotary, em Osasco, e outras 120 estão na Estrada Galvão Bueno, em são Bernardo do Campo, reivindicando melhorias salariais.

Tudo o que sabemos sobre:
transporte coletivo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.