Motoristas e cobradores de ônibus encerram greve em SP

Funcionários entraram em acordo com a empresa em assembleia desta manhã; Viação Gatusa opera em 14 linhas

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

02 Março 2010 | 07h24

Os motoristas e cobradores de ônibus da Viação Gatusa, que estavam em greve desde a madrugada desta terça-feira, 2, retornaram ao trabalho por volta das 7h15.

 

Segundo informações da empresa, os funcionários entraram em acordo com os representantes da empresa durante assembleia realizada no começo da manhã. Não há informação sobre o que teria sido resolvido durante a reunião.

 

Os funcionários paralisaram suas operações às 4 horas para protestar contra o não pagamento de vales, o excesso de multas e de rigidez por parte da direção da empresa e problemas nas fichas dos funcionários.

 

A Viação Gatusa opera em 14 linhas em parte da zona sul de São Paulo. Deste total, a São Paulo Transportes (SPTrans) disponibilizou ônibus extras para as três principais linhas através do Plano de Apoio Entre Empresas Frente a Situações de Emergência (Paese).

 

Segundo a São Paulo Transporte S/A (SPTrans), as outras 11 linhas foram cobertas por outras empresas de viação. O Paese deve permanecer ativo até a normalização da circulação dos ônibus.

Mais conteúdo sobre:
greve ônibus São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.