Rovena Rosa/Agência Brasil
Rovena Rosa/Agência Brasil

Motoristas e cobradores de ônibus de São Paulo vão parar por três horas nesta quarta

A decisão é um protesto contra o que o sindicato classificou de "desmonte" do sistema de transporte público. Prefeitura disse que fará todos os esforços para garantir o deslocamento da população

Agência Brasil, O Estado de S.Paulo

29 de julho de 2019 | 23h04

Motoristas e cobradores do transporte coletivo da capital paulista decidiram nesta segunda-feira, 29, em assembleia da categoria, que farão uma paralisação de três horas nos terminais de ônibus na manhã de quarta-feira, 31. Segundo o Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo, os ônibus deixarão de circular a partir das 9h. 

A decisão dos motoristas e cobradores de ônibus é um protesto contra o que o sindicato classificou de "desmonte" do sistema de transporte público pelo prefeito da capital, Bruno Covas. “A preocupação no meio da categoria cresce na medida em que o prefeito Bruno Covas coloca em prática o 'desmonte' do sistema de transporte público, com a redução da frota de ônibus, restruturação das linhas estruturais e locais, bem como, a extinção da função do cobrador”, destacou em nota, o sindicato.

Além da paralisação, a categoria decidiu fazer na quarta-feira à tarde uma passeata pelas principais vias da capital paulista, passando pela Avenida Paulista e Rua da Consolação, deslocando-se até a sede da prefeitura, no centro da cidade. Em nota, a Prefeitura informou que acompanha a movimentação do sindicato e disse que "fará todos os esforços para garantir o deslocamento da população".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.