Motoristas deixam carro até em canteiro

Para evitar uso irregular, Anália Franco colocou cones com correntes em área colada a parede

Luísa Alcalde, O Estado de S.Paulo

20 de novembro de 2010 | 00h00

A disputa por vagas nos estacionamentos dos shopping centers de São Paulo leva os motoristas a deixar seus carros em locais inadequados. A reportagem flagrou veículos em rampas de acesso, em cima de um canteiro e ao lado de um elevador.

Cansado de rodar por 20 minutos sem conseguir parar o carro no Center Norte, na zona norte da capital, o técnico em telefonia Rubens Mendes deixou o carro em cima do canteiro que divide as fileiras do estacionamento. "Já rodei para lá e para cá dezenas de vezes. Não aguentava mais. Deixei aqui mesmo", justificou, na tarde de 2 d e outubro.

No MorumbiShopping, na zona sul, veículos enfileiram-se nas laterais das rampas de acesso aos pisos do estacionamento. No dia da visita da reportagem, 23 de outubro, a demora pela vaga foi de 23 minutos. No Pátio Paulista, na região central, o espaço vago de uma rampa colada a um elevador também virou local de parada não oficial.

Para evitar essas situações, o Shopping Anália Franco, na zona leste, colocou cones com correntes nos espaços colados às paredes, onde não há vagas - mesmo expediente usado pelo Shopping Metrô Santa Cruz, na zona sul, para evitar que os espaços reservados a deficientes sejam indevidamente ocupados.

E o incômodo não se restringe à área interna dos shoppings. Vizinhos reclamam que não conseguem sair de casa com o carro por conta do congestionamento do lado de fora. "Nos fins de tarde, das 16 às 19 horas, há fila dupla para entrar. Não consigo entrar na Avenida Pompeia", se queixa a analista Alcimar Puerta, de 48 anos, moradora da Rua Turiaçu, na frente do Shopping Bourbon, na zona oeste.

Edvaldo Santos, porteiro de um prédio ao lado do Pátio Higienópolis, relata problema parecido. "Nos sábados à tarde, os moradores têm dificuldade de entrar e sair da garagem. Fica uma fila de carros aqui na frente tentando entrar no shopping."

"Isso é realmente um problema, porque a frota de veículos aumentou muito e isso se reflete nos shoppings", afirma Luiz Augusto Idelfonso da Silva, diretor de relações institucionais da Alshop. "Alguns estão expandindo seus estacionamentos e outros fazem convênios com terrenos vizinhos", diz.

OS CINCO COM PROCURA MAIS DEMORADA

Pátio Paulista

Tempo gasto: 31 minutos

Data: 6 de novembro, às 15h44

O que diz o shopping: vai criar 500 vagas até 2011 e vai colocar painéis para indicar disponibilidade de vagas

Center Norte

Tempo gasto: 25 minutos

Data: 2 de outubro, às 13h30

O que diz o shopping: pretende instalar um novo projeto de estacionamento no ano que vem

MorumbiShopping

Tempo gasto: 23 minutos

Data: 23 de outubro, às 13h

O que diz o shopping: vagas foram reorganizadas com nova pintura do piso e foram instaladas luzes indicativas de vagas

Metrô Santa Cruz

Tempo gasto: 15 minutos

Data: 6 de novembro, às 16h45

O que diz o shopping: tem sistema Sem Parar/Via Fácil para facilitar entrada e saída - clientes podem estacionar sem pegar tíquete

Bourbon Shopping

Tempo gasto: 15 minutos

Data: 6 de novembro, às 14h35

O que diz o shopping: não respondeu à solicitação de informações feitas pela reportagem por e-mail e telefone

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.