Márcio Fernandes/AE
Márcio Fernandes/AE

Motoristas de ônibus interditam faixa da Francisco Matarazzo, zona oeste de SP

Cerca de 140 trabalhadores do transporte público protestam contra um radar que estaria defeituoso e aplicando multas de forma errada

07 de maio de 2012 | 11h17

São Paulo, 7 - Cerca de 140 motoristas e cobradores de ônibus fizenram, na manhã desta segunda-feira, 7, um protesto no corredor Francisco Matarazzo, na zona oeste de São Paulo. Segundo informações da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o grupo interdita a faixa exclusiva de ônibus da via, no sentido bairro.

A manifestação concentrou-se na região entre o Viaduto Antártica e o Viaduto Pompéia, conforme informações da Polícia Militar. Os integrantes do protesto começaram a se reunir por volta das 6h53 desta segunda. 

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo (Sindmotoristas-SP), o grupo afira que um radar da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) estaria multando equivocadamente os motoristas de ônibus. Membros do sindicato afirmam que o aparelho está desregulado e que eles têm provas de que o defeito é o responsável pelas ocorrências aplicadas aos motoristas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.