Motoristas de ônibus fazem paralisação na Grande São Paulo

Funcionários bloquearam saída de coletivos na Viação Pirajuçara, segundo EMTU; empresa transporta 170 mil passageiros por dia, em média

O Estado de S. Paulo

08 de outubro de 2013 | 10h32

SÃO PAULO - A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) informou em nota que os ônibus da Viação Pirajuçara não saíram da garagem na manhã desta terça-feira, 8. Os 274 veículos atendem o setor oeste da Região Metropolitana de São Paulo.

Segundo a EMTU, houve protesto de alguns motoristas, "que bloquearam a saída da garagem com um ônibus". Ao todo, a Viação Pirajuçara, que integra o Consórcio Intervias, transporta 170 mil passageiros por dia, em média.

A EMTU, gerenciada pelo governo do Estado, divulgou que já "providenciou o deslocamento de veículos das consorciadas Viação Raposo Tavares e Viação Miracatiba para atender as linhas de maior movimento".

Ainda segundo a EMTU, "o consórcio solicitou também que as empresas que possuem linhas com trajetos similares aumentem a oferta de viagens, para minimizar os transtornos provocados pelo protesto".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.