Motoristas de ônibus de Ribeirão Preto marcam greve para segunda-feira

100% da frota promete paralisação para reivindicar maior reajuste salarial

Gheisa Lessa - Central de Notícias,

25 de maio de 2012 | 14h36

São Paulo, 25 - Os motoristas e condutores dos ônibus urbanos de Ribeirão Preto marcaram greve de 100% da frota para a próxima segunda-feira, 28, em assembleia realizada às 9h30 desta sexta-feira, 25.

De acordo com informações do vice-presidente do Sindicato dos Empregados das Empresas de Transporte Urbano de Ribeirão Preto (Seturp), Alcides Lopes, uma segunda parte da assembleia está marcada para acontecer às 16h30 desta sexta, reunindo os funcionários que trabalham no período da tarde.

Lopes afirmou ao estadao.com.br que a greve pode ser não aceita nesta segunda reunião, mas como a primeira parte dos trabalhadores já recusaram a proposta do Governo, é provável que a recusa aconteça novamente.

Uma primeira proposta das empresas Transcorp e Turbe foi feita no último dia 21. As companhias ofereceram à categoria, reajuste salarial de 5% mas os trabalhadores pedem reajuste de 15%. Na tarde da última quinta-feira, 24, em uma segunda negociação, a Prefeitura de Ribeirão Preto, em pareceria com as empresas responsáveis pela categoria, aumentaram a oferta para 6,3%. O Seturp recusou a proposta nesta sexta.

A circulação de 100% dos ônibus urbanos de Ribeirão Preto deve não acontecer na próxima segunda. Lopes afirma que todas as linhas estarão paralisadas, mas a greve ainda pode ser evitada na segunda assembleia, que acontece às 16h30 desta sexta.

Tudo o que sabemos sobre:
greveônibusribeirão preto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.